domingo, 9 de agosto de 2015

essa é especialmente pra você

Talvez não faça sentido, mas tanto faz, não é?

A vida tem que ser vivida
mas eu sinto que estou em 
um desfile de pessoas paradas
todo mundo tenta andar 
em frente mas se estagnam 
no tempo e espaço,
no que é mais confortável pro Ego.

A felicidade, colega, não é o dinheiro
nem o produto comprado
é só um momento incerto
que de nada adianta ficar correndo atrás.

Ficaremos parados.

Estagnados também se
acharmos que a tristeza é o veneno
da inspiração.
Mesquinhice.
Se você acha que é artista só quando triste,
você não é artista
é só triste.

Fiquemos parados de novo.

Sorria, 
se importe com o detalhe,
com o conceito,
com o conteúdo.
Olhe em volta, 
erga a cabeça e poetize-se,
filosofique-se, 
liberte-se, por favor, dessa tentativa de 
querer ser algo pra alguém.

E aí sim, desfilaremos, 
com versos incertos e desorganizados
mas certos de que a frente é sempre em frente
e que perfeição não existe.
Pra ninguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário