quinta-feira, 7 de agosto de 2014

In Promptu

Aí está você. 
Um sorriso belo. Dentes brancos. 
Há algo diferente nos seus olhos. 
Uma tristeza sutil; um ar diferente. 

Eu me envergonho. 
Chuto pedras. Me recolho. 
Finjo que não vi. 
Apresso o passo. 
Passo reto. 

Não quero que seus olhos encontrem os meus, pois sei exatamente o que você faria. 

Iria sorrir para mim, levantar seu braço direito e agitar sua mão bem aberta no ar, me cumprimentando. 

E aí abaixaria a mão e poria sua face em dúvida ao ver que eu não corresponderia à sua famosa saudação. 

Não crio alarde. 
Sigo o meu caminho (já distante do seu...). 
Talvez você tenha movido seus olhos bonitos – desta vez mais tristes ainda – ao ver alguém parecido comigo. 
Talvez você tenha desviado a atenção e dito:
— Ah, não... É que eu achei que era um amigo meu...
E eu respirei profundamente, enquanto negociava com meu coração para fazê-lo bater normalmente.

Entenda: vivemos em mundos diferentes. 

(Mas me desculpe, de qualquer forma.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário